sexta-feira, 10 de fevereiro de 2006

Liberdade + cartoons + já chega

Desde muito jovem que sou agnóstico, ignorando todas as religiões. Tenho a minha, fruto de umas horas valentes de "reflexão" (principalmente com umas Carlsberg no bucho).

Já tive algumas discussões, algumas acessas até, com amigos crentes e praticantes da religião católica e outras. Mas jamais nos chateamos porque sabemos respeitar outros pontos de vista discordantes das nossas opiniões pessoais. Sabemos com quem lidamos, como reagem, até que ponto toleram discutir estes assuntos.

Com quem não conheço primeiro atiço um pouco, meço a reacção e ajusto o meu discurso (a física ensinou-me o princípio da acção-reacção). Caso o outro interlocutor seja intolerante, ou mais extremista, nada melhor do que arrumar desde logo o assunto.

Defendo a liberdade de expressão (tal como a liberdade de acção) pela qual lutaram muitos de nós (eu ainda andava do esquerdo para o direito). É um princípio básico da democracia em que vivemos, e ainda bem que a temos e usamos.

Contudo defendo que, como para tudo na vida, esta não pode ser justificativa de todas as acções que fazemos ou invocada sempre que o lume nos chega ao rabo. E então quando se discute religião é que a nossa liberdade de expressão deve ser muito bem medida. Caso contrário (que também nos é permitido) enfrentaremos as consequências da liberdade de expressão e de acção dos outros.

Sempre me ensinaram que a minha liberdade acaba onde começa a dos outros. E que caso fizesse asneiras responderia por isso, tendo sido esclarecido que não adiantava correr para a mamá ou o papá.

Os europeus conhecem bem o mundo do islão. Sabem que aquela gente é fanática, alucinada, extremista, chegando ao ponto de imitar os Kamikazes japonocas. Sabemos que não têm outra diversão/ocupação decente sem ser a religião. E que, com cuidado, temos que lhes abrir os olhos para o mundo (ofereçam-lhes televisões e parbólicas com o Sexy Hot).

Para quê tanto espanto pela guerra que os cartoons do Maomé-bomba originaram?

Não nos chegam os nossos próprios problemas?

Façam como eu: discutam (ou critiquem) religião com quem sabe ouvir e falar.

Já agora, do homem que escreveu O Evangelho Segundo Jesus Cristo, vejam:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u57656.shtml

E ainda,

Terceira Lei de Newton - Lei da acção-reacção
Quando um corpo A exerce sobre um corpo B uma determinada força, o corpo B exerce também uma força sobre A, com a mesma linha da acção, mas de sentido contrário:

em que é a força que o corpo A exerce no corpo B, e a força que o corpo B exerce no corpo A.
Sempre que existe uma interacção entre dois sistemas existe um conjunto de forças: par acção-reacção.



Bom fim-de-semana para todos,

13 comentários:

Sara MM disse...

Bem... disseste tudo!!!
É mesmo isso...
"ajusto o meu discurso",
"a liberdade acaba onde começa a dos outros" e
"lei da acção-reacção",

pra mim, chegam pra resumir o tb tenho achado (estes dias todos) dessa estória que vai ser história...

lindo (o texto! LOL)... bem podias escrever assim mais vezes!

BJs
PS- ai que saudades dos exercicios de física 10º/11º... era mesmo louco... eu adorava aquilo!

Armando S. Sousa disse...

O texto é excelente mas não falo mais das caricaturas.
Têm um bom fim de semana.

Miguel de Terceleiros disse...

Sempre estivemos em sintonia nisto caro amigo, colega, companheiro, confidente!
Bora lá beber umas cervejas e foder a cabeça ao Gil!

Joana Pandora disse...

Eu discuto mas não imponho!
O problema das pessoas é a tentativa de imposição!

Freddy disse...

Essa da religião à tua maneira com Carlsbergs no bucho fez-me lembrar uma teoria q desenvolvi aqui há uns anos sobre a predestinação, sob a influência de uns valentes copos, ideias essas completamente contrárias à minha religião (a saber católica...)
E discutir liberdades com as pessoas, sejam elas intolerantes ou n, torna-se cada vez mais complicado...
Até pq esse é o maior dom que Deus nos deu...

E desculpem a afirmação, mas andamos a usá-la cada vez pior...

amie disse...

eu faço o mesmo, só com quem acho que pode!:)

moonj_Rita disse...

Concordo com tudo. Olha, tenho um recado para ti no limitoinfinito. Beijos

Humor Negro disse...

Só não gostei da referência ao estreptococo nobelizado. Abraço.

Maria Pedro disse...

Essas duas últimas regras são para reiterar todos os fins de semana (à 6.ª feira, antes das carlsbergs e afins no bucho)
:)

Ana disse...

Olha... bom fim de semana, é certo que já é segunda... mas... ainda assim!!

Beijo

Sara MM disse...

então já chega!
LOL

nicolau disse...

Já chega si señor!
Olha... e o fim de semana jácabou!!!

pisconight disse...

Concordo com muito do que escreveste, mas acho que isto vai muito mais além do que a religião. Não nos podemos subjugar à acção dos fanáticos, pois para mim eles não mandam no Mundo e muito menos em mim!!!
;)