segunda-feira, 19 de março de 2007

Antes que se me varra da cabeça


Hoje enquanto tomava o cafézito matinal observava a moça que, atarefada, sevia os clientes.

Galão para este, chá para aquele.

Denominador quase comum no serviço é a chávena quente. E foi aí que me lembrei :podiam inventar uma máquina que proceda ao aquecimento da chávena/copo com um sistema de reciclagem da água (que invariavelmente acaba sempre no sistema de esgoto).
Se hoje em dia se inventa de tudo porque não?

Eu tou sem tempo, aproveitem vocês. Antes que se me varra da cabeça.

6 comentários:

Haddock disse...

essa da "chávena escaldada" é tipicamente portuguesa (acho eu!). Mas, em vez de as passarem por "água ardente" por que não as pôr no forno?? abraço.

Haddock disse...

então, já de férias?? abraço.

ivan disse...

mas eu gost da chávena fria!

Haddock disse...

então, boa páscoa, feliz natal e próspero ano novo!!! abraço.

Haddock disse...

... eu não disse??

Confúcio Costa disse...

:)