segunda-feira, 25 de julho de 2005

Compras....


Como no domingo tinha um casório (mais um grande amigo que foi para a forca) no sábado tinha que comprar um postal para anexar à prenda. Às 10:40h da noite a única ideia que tive foi de ir ao shopping do belmiro. A pergunta que me fiz, mal entrei no edifício foi "O que faz tanta gente aqui dentro num sábado à noite?".
Pensativo lá foi circulando por entre o banho de multidão, tentando chegar à loja pretendida.
A única explicação que me saltava constantemente na mente era a de que o povo não sabia que era SÁBADO À NOITE, que no dia seguinte era Domingo e, consequentemente aquelas preciosas horitas tinham que ser consagradas aos copos e aos amigos.

Depois dizem que os portugueses são aqueles que mais anti-depressivos tomam...

Com estas divagações e ao ver tantas pessoas do sexo feminino nas lojas consegui finalmente perceber qual a razão que nos leva a saltar mal olhamos para as etiquetas dos preços...é que as mulheres não largam as lojas (até num sábado à noite às 11h da noite!!). Se estivessem nos copos (como deviam) os lojistas diziam "Ó pá...se calhar temos que baixar os preços para atrair mais clientela." Assim não dá. Mulheres: Fiquem em casa se não quiserem ir prá noite, mas, por favor, nada de ir "espreitar" as lojitas!! - só gastam dinheiro, os preços vão sempre subindo e eu não posso comprar um par de sapatos em termos.

2 comentários:

moonj_Rita disse...

Tá boa. Eu realmente não entendo o que leva as pessoas a passearem nos shoppings. Por exemplo, aos fins de semana, Sábados e Domingos que são os únicos dias de relax para a maioria das pessoas...passas em frente a um shopping (tipo Bragaparque) e vês uma fila enorme de carros para estacionar, gente que parecem formiguinhas...Enquanto isso decorre, estão pendentes belas paisagens de montanha ou mar, ou um passeio a um vilarejo ou cidade que ainda não se conhece, ou simplesmente uma reunião com a família e/ou os amigos...Não entendo mas também já fiz essa figura de ursa uma meia dúzia de vezes. É uma sensação muito estranha: caminha-se pelo dito shopping, primeiro prestando atenção nas pessoas que passam e nas montras, depois já é automático e os olhos ficam vidrados no infinito e quando dás por ti estás viciado!!!! LOOOLLL. Prefiro não me aproximar desses sítios: tenho mais q fazer.
Beijos

Miguel de Terceleiros disse...

Por isso... Agora consigo perceber porque é que na Ribeira parece sempre a festa da mangueira até às 11:30! Andam as gajas às compras e quando finalmente aparecem para o convívio já não dizemos coisa com coisa devido ao avançado estado etílico em que nos encontramos.
Venham mais cedo, talvez assim eu desencalhe!
abraço