quarta-feira, 21 de setembro de 2005

Força Rapaziada

As nossas forças armadas estão em grande.

Como o governo proibiu (e muito bem) qualquer manifestação não autorizada destas forças, toca a mandar para a frente de batalha as mulheres dos militares!!! Mulheres: toca a pegar nas armas e enfrentar o inimigo. Toquem as trombetas e, rumo à 1ª linha de fogo, ninguem vos parará.













O mais triste é que, como pudemos ver ontem, elas nem sabem qual o teor dos decretos em questão. E afirmam que estão dispostas a tudo para "defenderem" os direitos dos maridos.

Só neste país...



Nota: Se a guerreiras fossem assim podia haver mais guerras, por favor?

7 comentários:

moonj_Rita disse...

Onde é isto? É a sério ou é uma foto de revista pornográfica? Explica melhor por favor!

Miguel de Terceleiros disse...

queremos gajas com armas e vestidas de couro de prferência

Pedro Estácio disse...

Tou contigo e não abro!
Mulheres ao poder!

Pedro Estácio

noasfalto disse...

Moom: Achas que ia postar conteúdos de fontes não fidedignas?

Terceleiros e Pedro: Sim, queremos as mulheres de armas na mão!

moonj_Rita disse...

Acho. Não acho é que a criatura fosse lutar com alguém em trajes menores a fazer poses sedutoras, qual Mata Hari em missão secreta! Se bem que tudo é possível. Daí que te peço para me explicares por favor!

noasfalto disse...

Diz-me lá qual o gajo que iria disparar contra um inimigo destes! Hã?

Ernesto disse...

eu combatia.

"make love, in the war", diziam eles nos sixties.